Seguidores

quinta-feira, 17 de julho de 2014

As aves de angola


A fauna ornitológica de Angola é praticamente igual à da maior parte dos países do Continente Africano. É uma fauna diversificada e rica  em  formas, em variedade de espécies e em coloridos. Vou tentar proporcionar-lhes a oportunidade de  a poderem conhecer melhor, através de algumas imagens e de alguns  textos descritivos.

  Avestruz fêmea com um ninhada de pintos





  Avestruz 


O avestruz é a maior ave viva da Terra. É uma  ave corredora com asas de tamanho reduzido, revestidas de plumas, que concorrem para o equilibrio do corpo durante a corrida. Vive em habitats semi desérticos, onde suporta com relativa facilidade o calor elevado dessas regiões. Os avestruzes são em geral monogâmicos, e os casais apenas se desfazem quando  um dos parceiros morre.  Os ninhos são extremamente simples, pois os ovos são colocados na areia em depressões que as aves ageitam com as patas. Os ovos dos avestruzes são grandes e possuem uma casca muito forte que pode suportar o peso de uma pesoa sem se partirem. Os pintos dos avestruzes nascem bastante grandes e pouco tempo depois de nascerem podem acompanhar os pais na corrida. O macho é maior e mais esbelto do que a fêmea. O seu corpo é revestido de grandes plumas pretas e as suas reduzidas asas ostentam grandes plumas brancas. As plumas dos avestruzes machos têm um grande valor comercial e são usadas como adorno principal pelas bailarinas de balet. As fêmeas possuem uma plumagem muito mais pobre em tons acinzentados. Nalguns países africanos existem fazendeiros que se dedicam à criação de avestruzes para comercializar os seus produtos, carne e plumas. Os avestruzes também têm os seus predadores, como as hienas, e os chacais, embora devido ao habitat e ao seu tamanho não sejam animais muito desejados. Tudo depende do estado de fome em que o predador se encontrar. Os pais defendem corajosamente as crias e dão poderosos coices e bicadas. As penas dos avestruzes são macias e servem como isolante térmico e são bastante diferentes das penas rígidas dos  pássaros voadores.
 Possuiem duas garras em dois dos dedos das asas, sendo a única ave que possui apenas 2 dedos em cada pata. As pernas fortes do avestruz não possuem penas. Suas patas têm dois dedos, sendo que apenas um tem unha enquanto o maior lembra um casco. Seu aparelho digestivo é semelhante ao dos ruminantes e seus olhos, com suas grossas sobrancelhas negras, são os maiores olhos das aves terrestres. Para facilitar a digestão os avestruzes ingerem seixos.



http://sitiodopicapauangolano.wordpress.com/2011/11/21/as-aves-de-angola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Fauna e Suas Belezas !


AVES DO MEU TEMPO

smileys falando

.

.
Os poemas são pássaros que chegam não se sabe de onde e pousam no livro que lês.Quando fechas o livro, eles alçam vôo como de um alçapãoEles não têm pouso nem portoalimentam-se um instante em cada par de mãos e partem.E olhas, então, essas tuas mãos vazias,no maravilhado espanto de saberes que o alimentodeles já estava em ti... (Mario Quintana) .

.

.
.

...

...
"A renovação (águia de Fogo) Fenix ...devemos aprender com a águia, a ave que voa mais perto do Céu, que vê longe e também tem mais tempo de vida. Ela pode viver até 70 anos! Mas, para chegar a essa idade, ao chegar aos 40 anos, ela precisa tomar uma decisão muito difícil. Devido às suas unhas estarem muito encurvadas, já não consegue mais agarrar suas presas para se alimentar. E seu bico, longo e pontiagudo, fica curvado, voltando-se contra seu peito. As suas penas crescem e se avolumam demais, de forma que suas asas tornam-se pesadas e, assim, fica difícil para ela voar. Para continuar a viver, ela tem de enfrentar um doloroso processo de renovação, o qual dura 150 dias. Ela se dirige a algum lugar próximo a uma parede – onde não necessite voar. Então, começa a bater o bico contra a pedra, até arrancá-lo. Depois, espera até que lhe cresça um bico novo, para que possa desprender suas unhas, uma por uma. Em seguida, espera que estas cresçam, para que possa arrancar as penas. A águia tem de decidir arrancá-los para que estes sejam renovados. Assim, com o bico, as unhas e asas novas, ela pode voar e sobreviver novamente.”
Related Posts with Thumbnails