Seguidores

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Ararajuba




De um amarelo vibrante, mas com as pontas da asa verdes, a pequena Ararajuba (Guaruba guarouba) tem as cores da bandeira brasileira. É considerada uma das aves mais belas da família Psittacidae. Justamente pela sua beleza, infelizmente, ela é vítima do tráfico de animais silvestres e corre risco de desaparecer das matas do Brasil, único lugar no mundo onde ela existe.

Mas agora, uma parceria entre a Fundação Lymington, de São Paulo, com o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio) irá reintroduzir a espécie no Refúgio de Vida Silvestre Metrópole da Amazônia e no Parque Estadual do Utinga, situados na região metropolitana de Belém.

Especialistas das duas entidades visitaram as áreas recentemente para fazer o reconhecimento do local e se certificar das condições para que se possa respeitar a distribuição geográfica histórica da ararajuba e as exigências ambientais dos indivíduos a serem liberados. No Parque Estadual do Utinga serão montados viveiros.

“Para que a reintrodução aconteça, devemos determinar as estratégias de soltura, como a adaptação das espécies ao ambiente, treinamento comportamental, número de indivíduos, viveiros de reabilitação e escolhas de melhor pareamento genético em cativeiro para aumento da população”, explicou Nívia Pereira, gerente de Biodiversidade do Ideflor-bio.

A ararajuba é uma ave nativa da região Norte e habita florestas úmidas, do oeste do Maranhão ao sudeste do Amazonas, além do sul do rio Amazonas, leste do rio Madeira, no nordeste de Rondônia e ao extremo norte de Mato Grosso. Ela mede aproximadamente 35 centímetros e se alimenta de flores, frutas e sementes de coquinhos, jabuticaba, mamão, açaí, entre outras. Geralmente, a espécie vive em bandos, já que a Guaruba guarouba, é muito sociável e dócil.

Podendo viver até 30 anos, a ararajuba tem sua fase reprodutiva entre agosto e setembro. Fiel, sempre fica ao lado do mesmo
 companheiro. Seu nome na língua Tupi significa “arara-amarela” e também é conhecida no Brasil por guaruba, guarajuba e tanajuba.




Foto: Vismar Ravagnani/ Creative Commons/Flickr
http://conexaoplaneta.com.br/blog/ameacada-de-extincao-ararajuba-sera-reintroduzida-em-unidades-de-conservacao-do-para/

terça-feira, 3 de julho de 2018

pássaros








Os pássaros são uma ótima companhia para muitas pessoas que os preferem como animais de estimação. Antes de começar a sonhar com um belo pássaro de estimação, no entanto, é necessário conhecer um pouco mais sobre as espécies que você pode ter em casa. Saiba mais sobre esses pássaros e escolha um para levar para o seu lar.

pássaros exóticos


São chamados de pássaros exóticos os pássaros que são passeriformes (não Psitacídeos), que não tem sua origem em território brasileiro. Dentre os pássaros que fazem parte desse grupo estão Diamante do Gould, Calafate e Freirinha. Como esse tipo de pássaro realiza voos horizontais precisa de gaiolas mais compridas do que altas.

Uma gaiola para um casal de pássaros exóticos deve ter em média um comprimento de 70 cm, com largura e altura de 40 cm. Deve existir uma distância pequena entre os arames que compõem a gaiola uma vez que muitas espécies exóticas são pequenas podendo escapar por entre os arames. Lembre-se que o conforto desses pássaros é algo de extrema importância.

Com a alta extinção das aves, mas precisamente de pássaros, que são capturados ilegalmente nas florestas, o IBAMA instaurou uma lei que define quais espécies de pássaros podem ser mantidos como domésticos, elevando a preservação dos mesmos e colocando tudo dentro da devida lei.

Assim muitos pássaros são hoje considerados a nível doméstico, como os calopsitas, os canários, alguns tipos de sabias, entre muitos outros.


Até mesmo periquitos se enquadram nessa lista selecionada pelo IBAMA, exemplo disso está nos belos agapornes, entre muitos outros periquitos que conseguem levar uma vida saudável e protegida dentro das casas brasileiras, sob realmente a proteção humana.

Além é claro que os pássaros são ótima companhia, e encantam a todos com seus cantos, ajudando principalmente crianças na recuperação de doenças e motivando as mesmas todos dos dias com seus cantos e toda a alegria que trazem.

Os pássaros domésticos estão cada vez mais presentes em locais seguros de vendas, como enormes pets shops espalhadas por todo o país, e que garantem controle de natalidade na listagem do IBAMA.

http://animais.culturamix.com/informacoes/aves/passaros-domesticos

A Fauna e Suas Belezas !


AVES DO MEU TEMPO

smileys falando

.

.
Os poemas são pássaros que chegam não se sabe de onde e pousam no livro que lês.Quando fechas o livro, eles alçam vôo como de um alçapãoEles não têm pouso nem portoalimentam-se um instante em cada par de mãos e partem.E olhas, então, essas tuas mãos vazias,no maravilhado espanto de saberes que o alimentodeles já estava em ti... (Mario Quintana) .

.

.
.

...

...
"A renovação (águia de Fogo) Fenix ...devemos aprender com a águia, a ave que voa mais perto do Céu, que vê longe e também tem mais tempo de vida. Ela pode viver até 70 anos! Mas, para chegar a essa idade, ao chegar aos 40 anos, ela precisa tomar uma decisão muito difícil. Devido às suas unhas estarem muito encurvadas, já não consegue mais agarrar suas presas para se alimentar. E seu bico, longo e pontiagudo, fica curvado, voltando-se contra seu peito. As suas penas crescem e se avolumam demais, de forma que suas asas tornam-se pesadas e, assim, fica difícil para ela voar. Para continuar a viver, ela tem de enfrentar um doloroso processo de renovação, o qual dura 150 dias. Ela se dirige a algum lugar próximo a uma parede – onde não necessite voar. Então, começa a bater o bico contra a pedra, até arrancá-lo. Depois, espera até que lhe cresça um bico novo, para que possa desprender suas unhas, uma por uma. Em seguida, espera que estas cresçam, para que possa arrancar as penas. A águia tem de decidir arrancá-los para que estes sejam renovados. Assim, com o bico, as unhas e asas novas, ela pode voar e sobreviver novamente.”
Related Posts with Thumbnails