Seguidores

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Tristeza...Me desculpem.


Olá boa noite hoje passei o dia todo chateada,não sou ornitóloga mas crio alguns canarios.Motivo egoismo por gostar de seu canto.
Só crio belgas pois são autorizados pelo IBAMA.
o comercio é livre,pois reproduzem-se facilmente.
Tenho ou seja tinha um canário há mais de dois anos.Cantava muito e dobrava seu canto .Um artista aplicado e melodioso.
Mas hoje cedo ao acordar tive a ingrata surpresa de ver que algum animal se apossou dele me deixando de lembrança algumas poucas penas.
Não conseguir entender,mas fazer o que não é.Como na casa que moro tem arvores nas proximidade.Acredito que foi alguma coruja, ou popular bacurau.Cadeia alimentar tem destas coisas.Decidir não vou criar mais.Ficaarei na saudade,mas este sentimento faz parte do meu viver.

Beija-flor


Beija-flor não é passarinho



É isto mesmo que você acabou de ler. O beija-flor não é passarinho, mas o corvo é. O pequenino beija-flor 'joga no time' da ema e do tuiuiú, ou seja, é uma ave.



Mas afinal, qual a diferença entre ave e passarinho? Para um leigo é mesmo difícil entender, já que essas espécies não se distinguem por características físicas que saltam aos nossos olhos, como o tamanho, por exemplo. O corvo, o maior dos passarinhos, é bem maior do que as aves beija-flor e papagaio, por exemplo.



O pesquisador da Universidade de São Paulo (USP) e especialista em aves, Luís Fábio Silveira, explica que o que conta não é o tamanho, mas as características anatômicas que eles compartilham. Os Passeriformes (passarinhos) compartilham algumas características anatômicas, especialmente nos pés, além de um tipo de arranjo ósseo no palato (os ossos que formam o assoalho do crânio) que é único entre eles.



Até entre os cientistas há controvérsias sobre se o número de ordens de aves é mesmo 25. "Entretanto, há um consenso geral de que a ordem Passeriformes compartilha um único ancestral comum e agrega cerca de 60% de todas as espécies de aves conhecidas". Luís Fábio dá uma dica importante para nós, leigos: "Todo pássaro é uma ave, mas nem toda ave é um pássaro, porque os pássaros têm que, necessariamente, pertencer à ordem dos Passeriformes". Ou seja, na dúvida se o animal é ave ou passarinho, aposte na ave. Não tem erro.





http://eptv.globo.com/terradagente/terradagente_interna.aspx?270929

sábado, 3 de dezembro de 2011

Estevo




Eles têm o corpo de cor olivácea, cabeça acinzentada, garganta ocre-clara, peito e abdome cinzento-oliváceo, lavado de ocre no meio. Ele é onívoro, ou seja, sua dieta baseia-se em frutos silvestres e insetos, podendo alimentar-se também de pequenos vertebrados, inclusive atacando ninhos de outras aves para alimentar-se de ovos e filhotes. Chegam a ter cerca de 20 cm de comprimento e não apresentam diferenças visuais entre machos e fêmeas. É uma ave extremamente territorialista, onde o macho dominante, através de seu canto extremamente alto, tenta manter afastado outros machos que tentam adentrar seu domínio, essa característica torna o Trinca Ferro um alvo fácil de traficantes de animais.



Com 01 ano de vida os Trinca Ferros estão prontos para reproduzir, sendo que eles fazem ninhos em arbustos a 01 ou 02 metros do chão usando gravetos e folhas grandes, o período reprodutivo vai de agosto a novembro e as fêmeas botam de 02 a 03 ovos que são encubados entre 10 a 15 dias após o inicio do choco. O Trinca Ferro têm um canto forte e melodioso, muito apreciado por quem gosta de pássaros canoros.





O Trinca Ferro verdadeiro, cujo nome Científico é Saltator Similis, é um dos pássaros silvestres mais apreciados e criados no Brasil, na natureza ele é encontrado da Bahia até o Rio Grande do Sul. Devido a sua distribuição o Trinca Ferro acabou recebendo outros nomes, como bico-de-ferro, tempera viola, pixarro, pipirão, estevo, papa-banana (SC), titicão, tia-chica, chama-chico, João Velho e Pixarro. Eles vivem à beira da mata, tanto nas baixadas como nas montanhas.

http://casadospassaros.net/2011/04/saiba-tudo-sobre-o-trinca-ferro-verdadeiro/

..


A Fauna e Suas Belezas !


AVES DO MEU TEMPO

smileys falando

.

.
Os poemas são pássaros que chegam não se sabe de onde e pousam no livro que lês.Quando fechas o livro, eles alçam vôo como de um alçapãoEles não têm pouso nem portoalimentam-se um instante em cada par de mãos e partem.E olhas, então, essas tuas mãos vazias,no maravilhado espanto de saberes que o alimentodeles já estava em ti... (Mario Quintana) .

.

.
.

...

...
"A renovação (águia de Fogo) Fenix ...devemos aprender com a águia, a ave que voa mais perto do Céu, que vê longe e também tem mais tempo de vida. Ela pode viver até 70 anos! Mas, para chegar a essa idade, ao chegar aos 40 anos, ela precisa tomar uma decisão muito difícil. Devido às suas unhas estarem muito encurvadas, já não consegue mais agarrar suas presas para se alimentar. E seu bico, longo e pontiagudo, fica curvado, voltando-se contra seu peito. As suas penas crescem e se avolumam demais, de forma que suas asas tornam-se pesadas e, assim, fica difícil para ela voar. Para continuar a viver, ela tem de enfrentar um doloroso processo de renovação, o qual dura 150 dias. Ela se dirige a algum lugar próximo a uma parede – onde não necessite voar. Então, começa a bater o bico contra a pedra, até arrancá-lo. Depois, espera até que lhe cresça um bico novo, para que possa desprender suas unhas, uma por uma. Em seguida, espera que estas cresçam, para que possa arrancar as penas. A águia tem de decidir arrancá-los para que estes sejam renovados. Assim, com o bico, as unhas e asas novas, ela pode voar e sobreviver novamente.”
Related Posts with Thumbnails